Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Conheça o Espírito Santo

 Leia Atos 2.38-39 e reflita.

“Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos seus pecados, e receberão o dom do Espírito Santo.” (Atos 2.38)
Quando, pela primeira vez, ouvi pessoas se referindo ao Espírito Santo como auxiliador e consolador, percebi imediatamente que precisava estar aberta para que ele trabalhasse em mim. Ao agir assim, aprendi três importantes motivos para estar plena do Espírito Santo:
  • Adorar a Deus com maior profundidade.
  • Experimentar e comunicar o amor de Deus de forma mais completa.
  • Apropriar-me do poder de Deus em minha vida.O Espírito Santo consola, edifica, revela toda verdade, concede dons espirituais, ajuda-nos a orar de forma mais eficaz, dá-nos sabedoria e revelação e ajuda-nos a conhecer a vontade de Deus para nossa vida. Ele é o meio pelo qual Deus fala conosco. Por isso, ele não pode ser ignorado. Se o ignorarmos ou o rejeitarmos, impediremos qualquer poder e comunicação de Deus em nossa vida. A menos que o Espírito Santo nos ensine, nosso conhecimento da verdade sempre será limitado e nossa saúde espiritual estará incompleta. As escrituras falam de sermos cheios do Espírito Santo (Ef 5.18). Ele trabalha a santidade de Deus em nossa vida e nos leva a uma vida de obediência (Ez 36.27). De toda criação, somos os únicos que temos um local especialmente preparado em nós para que o Espírito possa fazer morada (1 Co 3.16; 6.19).
    Ser cheia do Espírito Santo é um processo contínuo e cada vez mais profundo. Precisamos estar dispostas a nos abrirmos em novos níveis e dimensões para que ele nos capacite a realizar o que jamais seríamos capazes sem uma porção completa de seu amor, poder e vida.
    Oração
    Senhor, ajuda-me a entender tudo o que preciso saber a teu respeito e como teu Espírito Santo trabalha em minha vida. Enche-me com teu Espírito Santo de uma maneira inteiramente nova hoje e trabalha poderosamente em mim.

    Fonte:http://diantedotrono.com/conhecaoespiritosanto/

domingo, 22 de outubro de 2017

Dedique-se à oração

Leia Atos 2.42-47 e reflita.

“Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações.” (Atos 2.42)
Quando Pedro pregou o evangelho às multidões, elas queriam saber o que deveriam fazer. Depois de se arrepender e ser batizadas, aquelas pessoas se dedicaram à aprendizagem, à confraternização, à comunhão e à oração. O que importava para os novos cristãos é igualmente importante para os de hoje. Os quatro temas mencionados constituem fatores essenciais para o amadurecimento dos cristãos e a constante proximidade de Deus. Estudar a Bíblia, passar tempo com outros cristãos e participar da comunhão são ações frequentes na igreja, mas podem ocorrer em qualquer lugar. Precisamos separar tempo para a oração, que muitas vezes fica relegada a segundo plano.

Como então podemos nos dedicar à oração como aqueles primeiros cristãos? Eles certamente não desistiram do emprego nem das responsabilidades familiares para orar em tempo integral. Continuaram com sua vida em Cristo, mas ela ganhou novo foco — dedicaram-se à comunicação com Deus! Sabiam que Deus escutava quando oravam pelas próprias necessidades ou de outros.
Desde que nos levantamos pela manhã até que no deitamos à noite, temos sempre uma linha direta e aberta com Deus. A qualquer hora que desejarmos poderemos conversar com Deus, e ele nos ouvirá e responderá.

Onde quer que estejamos, em qualquer momento do dia ou da noite, quaisquer que sejam as necessidades que Deus nos coloque na mente, podemos orar cientes de que ele ouvirá e responderá. Isso é dedicar-se à oração. É assim que tornamos prioridade o diálogo com Deus.

Oração
Querido Deus, ajuda-me a ser diligente no estudo da tua Palavra. Capacita-me a manter uma linha direta contigo, orando de maneira constante e dedicada.

Fonte:http://diantedotrono.com/categoria/devocionais/

sábado, 21 de outubro de 2017

Arrependa-se e volte-se para Deus


Leia Atos 3.19-20 e reflita.

“Arrependam-se, pois, e voltem-se para Deus, para que os seus pecados sejam cancelados, para que venham tempos de descanso da parte do Senhor.” (Atos 3.19-20)
Ao pregar no templo, logo após a cura milagrosa de um mendigo aleijado, o apóstolo Pedro fez questão de ressaltar a importância do arrependimento para que o povo obtivesse o cancelamento dos pecados e alcançasse descanso da parte do Senhor.

Uma coisa é reconhecer que você fez algo contrário às leis de Deus; outra é entristecer-se com isso a ponto de tomar o firme propósito de nunca mais cometer a mesma transgressão. Arrepender-se é mudar de ideia, dar meia-volta e andar na direção contrária. É lamentar tão profundamente seu erro a ponto de fazer de tudo para não repeti-lo.

Enquanto a confissão corresponde à admissão do erro e ao reconhecimento do pecado, o arrependimento é a tristeza profunda que nos leva a abandonar o pecado. Peça todos os dias para Deus lhe mostrar em que áreas seu coração não está limpo e em ordem diante dele. Não deixe nada separá-la do que Deus tem para você.

O arrependimento faz parte de nossa caminhada com Cristo, e não poderemos ser verdadeiras discípulas dele se não abandonarmos nossos próprios caminhos. Precisamos nos entristecer pelos pecados que cometemos e assumir o compromisso diante de Deus de nos afastar de tudo aquilo que nos separa dele.

Confie sempre que o desejo de Deus é lhe dar descanso e levá-la em seus braços a conhecê-lo cada vez mais.

Oração
Pai querido, preciso de tua ajuda para negar a mim mesma, tomar minha cruz e seguir-te. Quero perder minha vida por tua causa a fim de salvá-la. Sei que para ser tua discípula preciso arrepender-me e voltar-me para ti a cada dia. Ajuda-me nisso, Senhor. 

Fonte:http://diantedotrono.com/categoria/devocionais/

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Orando pelos servos e líderes espirituais


Leia Atos 6.1-7 e reflita.

“Apresentaram esses homens aos apóstolos, os quais oraram e lhes impuseram as mãos.” (Atos 6.6)

As pessoas que trabalham no ministério em tempo integral precisam de nosso apoio em oração. Esses homens escolhidos para cuidar do ministério da alimentação eram espiritualmente sábios e estavam prestes a aceitar uma grande responsabilidade. O trabalho deles permitiria que os apóstolos se concentrassem na pregação e no ensino.

Todo serviço na igreja importante, como indica o zelo na escolha dos que passaram a chefiar o programa de alimentação na igreja primitiva. Tinham de ser “cheios do espírito e de sabedoria” (v. 3). A oração dos apóstolos e a imposição de mãos sobre esses homens significavam separação para prestar um serviço especial a Deus (cf. nm 27.22-23; dt 34.9).

Escolher com cuidado os obreiros para a igreja e orar por eles é importante porque os ataques de satanás são dirigidos primeiro aos que estão fazendo diferença para a causa de Cristo. Você já reparou que, quando uma igreja está ganhando almas, os ataques parecem vir de todos os lados?
Ore pela professora de escola dominical cuja classe está cheia de crianças. Ore pela equipe pastoral, cujas decisões afetam toda a congregação. Ore pela equipe administrativa, que enfrenta o pesado fardo burocrático. Ore pelos voluntários. Ore para que cada uma dessas pessoas seja capaz de resistir às tentações e que ninguém caia nas armadilhas do inimigo.

Fonte:http://diantedotrono.com/categoria/devocionais/