Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

terça-feira, 5 de novembro de 2013

A Mensagem de João

Havia naquele tempo um homem chamado João Batista, filho de Zacarias. A respeito desse João disse o profeta Isaías:

Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai no ermo vereda a nosso Deus. Todo o vale será exaltado, e todo o monte e todo o outeiro será abatido; e o que é torcido se endireitará, e o que é áspero se aplainará. E a glória do Senhor se manifestará, e toda a carne juntamente a verá, pois a boca do Senhor o disse. - Isaías 40:3-5
João não era o Cristo, mas, veio dar testemunho D’Ele e de suas obras. Além disso, Batista foi o último profeta e mensageiro da lei, desde esse tempo em diante, estão sendo pregados a Graça e a Verdade por intermédio de Jesus Cristo.
Existem muitas afirmações na Bíblia, que geram um medo imenso nos leitores, principalmente por que a religião de uma forma geral, ama de paixão gerar culpa e medo nas pessoas para com isso aprisioná-las e torná-las dependentes, não de Cristo, mas, da instituição como mentor espiritual. Uma outra coisa muita usada por ela é a ganância, mas, isso é um outro assunto.
O Senhor Jesus afirma no Evangelho conforme Mateus, que desde os dias de João Batista até aquele presente momento, o Reino dos Céus era tomado à força, e os que usavam de violência se apoderavam dele. Hoje, graças ao Senhor Jesus, o Reino dos Céus está ao alcance de todos, e qualquer um pode arrepender-se e confessar-lo como seu Senhor e Salvador, tornando-se imediatamente Filho de Deus.
O mesmo Cristo, pergunta e afirma a respeito do Batista: O que vocês foram ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento? Ou, o que foram ver? Um homem vestido de roupas finas? Ora, os que usam roupas finas estão nos palácios reais. Afinal, o que foram ver? Um profeta? Sim, eu lhes digo, e mais que profeta, texto de Mateus 11.
Ora, diferentemente dos que se dizem profetas atualmente, João não usava terno e gravata, e além disso, alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre; não que eu tenha nada contra os atuais ou que esteja afirmando que para ser profeta, tem que ser necessariamente dessa forma. Mas, segundo a Bíblia, a Igreja (nunca entenda Igreja como instituição religiosa, mas grupo de pessoas) é edificada sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, tendo como pedra principal, Jesus Cristo; e fundamento é fundamento e não estruturas.
Voltando à afirmação de se apoderar do Reino à força, agarrar a salvação com os próprios méritos, podemos visualizar a seguinte cena: Certo homem estava em meio ao mar profundo, numa canoa, quando de repente seu barquinho afunda por causa do uma pequena tempestade. Ora, esse mesmo homem não sabia nadar e nem tinha meios para flutuar sobre a água; acontece que quanto mais ele se movimentar, se batendo na água, mais rápido ele ficará cansado e consequentemente, mais depressa, afundará. Ele pode salvar a si mesmo? Não, não pode! Ele teria que ter sorte, ou orar para que aparecesse um salva-vidas. O mesmo acontece com todos nós. Somos todos incapazes de salvarmos a nós mesmos, a morte é inevitável e o nosso barquinho, uma hora afunda.
Enquanto tentamos, lutamos, cansamos mais rápido ainda, e salvar-se torna-se impossível, somente Cristo pode nos segurar, nos dar paz, nos fazer flutuar sobre as águas.
Os apóstolos, após uma afirmação do Senhor Jesus a respeito da dificuldade de entrada dos ricos no Reino, perguntam, Senhor, quem poderá salvar-se? E Jesus afirma, aos homens é impossível, mas, para Deus não! Enquanto não entendemos que o mérito não é nosso, vamos continuar tentando, sem nunca conseguir, pois é impossível salvar-se. Por outro lado, agarre-se a afirmação dita pelo nosso Senhor em João 5:
Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida. João 5:24
E você, já tem a vida Eterna como Cristo afirma, ou está tentando ser salvo?
Entenda que os nossos frutos são para testemunho da nossa fé, mas, quem salva é Cristo através do sacrifício que já foi feito na cruz: o sangue foi derramado, a conta foi paga, a cédula que era contra nós foi aniquilada lá na cruz… creia, não duvide, descanse no Senhor!
Abandone toda vanglória e deixe que o Senhor produza em ti, frutos dignos de arrependimento
que se tornarão testemunho da sua salvação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário