Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

domingo, 18 de maio de 2014

Deus Perdoa e Sara


Bendize, ó minha alma ao Senhor… É Ele que perdoa todas as tuas iniquidades e sara todas as tuas enfermidades. –Salmo 103. 1,3.
Ainda que você tenha nascido naturalmente de seus pais, você recebeu a vida de Deus. Ele te criou. Deus também é quem criou a tua vida espiritual, perdoando a todos os teus pecados e tirando você do pântano do desespero. A fé que você possui no teu Salvador, tua esperança na graça de Deus, são também presentes e dádivas que recebidas Dele.
Temos que compreender que tudo o que o Senhor nos exige, é “para que toda boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus. Por isso, nenhuma carne será justificada diante Dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado” (Rm 3.19-20). Somente assim valorizaremos a graça, e apreciaremos os méritos de Jesus Cristo e tudo o que Ele padeceu para nos regatar. Somente então poderemos dizer como Davi: “Bendize, ó minha alma ao Senhor, e tudo o que há em mim, bendiga o seu santo nome”.
Esta é a santa obra de Deus. Ele a começa, fazendo-nos conhecer a sua vontade. Ele nos exige amor, obediência, justiça, adoração, gratidão e humildade. O Espírito Santo testifica em nossos corações de modo que entendemos que esta é a vontade de Deus. Os que ouvem e obedecem ao testemunho do Espírito, em pouco tempo se dão conta de que são fracos, e que estão inclinados a fazer o contrário do que Deus quer. Que não conseguem ser santos, mas sim que o pecado se fortalece e eles caem uma e outra vez. Por isso, angustiados, clamam a Deus, reconhecendo suas faltas e extravios, confessando-lhe como são indignos e merecedores de seu abandono e castigo.
É ai então que entra Cristo. Ele chega com sua infinita graça e misericórdia quando menos se espera. Por pura graça, “É Ele que perdoa todas as tuas iniquidades e sara todas as tuas enfermidades… e que enche a tua boca de bens”.
Fonte:http://estudos.gospelmais.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário