Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

sexta-feira, 27 de junho de 2014

“A liberdade com que Cristo nos libertou.” (Gálatas 5.1)

Esta “liberdade” nos torna livres pela carta do céu – a Bíblia . Aqui está uma passagem escolhida, crente: “Quando passares pelos rios, eu serei contigo.” Você é livre para isso. Aqui está outra: “As montanhas se retirarão, e os outeiros serão removidos, mas a minha benignidade não se desviará de ti”; você é livre para isso.

Você é um convidado bem-vindo à mesa das promessas.
A Escritura é um tesouro que nunca falha, cheio com graças ilimitadas. Ela é o banco do céu, e você pode tirar dele o quanto quiser, sem impedimentos.
Venha com fé e você está convidado para todas as bênçãos da aliança.
Não há uma promessa na Palavra que deva ser retida.
Nas profundezas das tribulações deixe essa liberdade confortá-lo, em meio a ondas de aflição deixe animá-lo, quando tristezas te cercarem deixe ser teu consolo. Este é o amor do teu Pai, tu és livre por ele em todos os momentos.
Tu és também livre para o trono da graça . É privilégio do crente ter acesso em todos os momentos a seu Pai celestial. Quaisquer que sejam os nossos desejos, as nossas dificuldades, as nossos necessidades, temos a liberdade de expor tudo diante dele.
Não importa o quanto possamos ter pecado, podemos pedir e esperar o perdão. Isto significa que por mais pobres que sejamos, podemos invocar a sua promessa de que ele irá fornecer todas as coisas necessárias.Temos permissão para nos aproximarmos do seu trono em todas as horas – na mais escura meia-noite, ou no calor mais ardente do meio-dia.
Exercite a tua destra, ó crente, e viva de acordo com o teu privilégio. Tu és livre para tudo o que está entesourado em Cristo: sabedoria, justiça, santificação e redenção. Não importa qual seja a tua necessidade, porque há plenitude de suprimento em Cristo, e ele está lá para ti. Ó que “liberdade” é a tua! liberdade da condenação, liberdade para as promessas, liberdade ao trono da graça, e, finalmente, liberdade para entrar no céu!
Texto de autoria de Charles Haddon Spurgeon, traduzido e adaptado pelo Pr Silvio Dutra.
Fonte:http://estudos.gospelmais.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário