Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

quarta-feira, 4 de junho de 2014

A Morte e Sepultamento do Crente

Que diremos, pois? Permaneceremos no pecado para que a graça seja mais abundante? De modo nenhum! Nós que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele? Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte?
“Fomos batizados na morte de Cristo”. Que significa isto? Que classe de morte foi a morte de Cristo?
No versículo 10 lemos: “Pois, quanto a ter morrido, de uma vez morreu para o pecado; mas quanto a viver, vive para Deus”. Portanto, fomos batizados para continuamente morrer para o pecado, e viver para Deus. “Sabendo isto: Que o nosso velho homem foi com Ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, a fim de que não sirvamos mais ao pecado” (v.6). “Fomos sepultados juntamente com Ele para morrermos, pelo batismo, a fim de que, como Cristo ressuscitou dentre os mortos para a glória do Pai, assim também nós andemos em novidade de vida”.
Nosso “velho homem” é a nossa carne, nossa natureza pecaminosa. O velho homem não apenas foi condenado à morte na cruz na pessoa de Jesus, mas também ali, Ele representou a todos os pecadores. Pela união com Cristo desde nosso batismo, nossa natureza pecaminosa foi crucificada, e nunca tem que ser liberada, isso se nós quisermos continuar unidos a Cristo. Nossa carne, o corpo pecador, os maus desejos e as paixões impuras, foram cravadas juntamente com Cristo na cruz do Calvário.
Se alguém pensa que é um cristão por apenas assistir aos cultos em uma igreja e fazer boas obras, mas, ao mesmo tempo ele da corda às paixões da carne, o tal está separado de Cristo. Ele a si mesmo se engana se crê possuir a fé salvadora. “porque se dissermos que temos comunhão com Ele, e andamos em trevas, mentimos e não praticamos a verdade”.
Oremos, Oh Deus, te agradeço pela infinita graça que tens tido para comigo, humilhando-te para salvar uma pessoa tão perdida como eu. Amém
Fonte:http://estudos.gospelmais.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário