Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

terça-feira, 15 de julho de 2014

Como Entender a Vontade de Deus

A fim de fazer a vontade de Deus é preciso primeiro conhecer a sua vontade. Para se ter verdadeira satisfação, descanso e contentamento na vida cristã – e não há descanso verdadeiro fora da vida cristã – devemos ter a plena certeza de que estamos fazendo a vontade de Deus.

A alma que ama a Deus não pode ficar satisfeita com nada menos do que isso. Enquanto houver dúvida, não pode haver perfeito contentamento. Devemos ter um perfeito conhecimento da vontade de Deus a nosso respeito, ou então não saberemos se estamos fazendo a sua vontade.
Muitos estão dizendo: “Eu ficaria feliz em fazer a vontade de Deus, se eu apenas soubesse qual era a sua vontade.” Tais pessoas não chegaram à proximidade de Deus que elas deveriam ter. Deve sempre haver uma compreensão clara e definitiva entre Deus e seus filhos. “As minhas ovelhas”, diz Jesus, “ouvem a minha voz”, e sabemos que Deus ouve a voz de seus filhos. Nós podemos falar com Deus e Deus conosco, e, por conseguinte, pode haver entendimento entre nós. Você pode viver perto o suficiente de Deus para conhecer a sua vontade, e não apenas supor qual seja a sua vontade ou tê-la como já adquirida, mas por conhecê-la, porque ele lhe disse qual era a mesma. Os empregados de um homem podem supor que estão fazendo o que ele quer que eles façam, mas isso não lhes dá plena certeza. É somente quando forem à sua presença e o ouvirem expressar sua vontade, que saberão que a estão fazendo. Você pode conhecer a vontade de Deus. Você não precisa passar um dia sequer sem saber que está fazendo a sua vontade.
A Escritura diz: “Pelo que não sejais insensatos, mas procurai compreender qual seja vontade do Senhor.

” Ef 5.17. Nos versículos anteriores a esse, somos orientados a andar prudentemente e a remir otempo. Precisamos conhecer a vontade de Deus para que possamos usar todas as oportunidades com maior proveito. Porque passar dia após dia, sem um conhecimento definido de qual seja a sua vontade ou sem fazer muita reflexão sobre o assunto, ou não buscar sinceramente conhecê-la, é viver num plano espiritual muito baixo. Deus quer que você se empenhe para conhecer a sua vontade. Acaso ele não lhe comprou? Você é seu servo, seu escravo. Você deve fazer tudo para ele. Aqueles que têm homens a seu serviço esperam que eles façam a sua vontade. Eles não saem para trabalhar um único dia ignorando a sua vontade. Eles nem sempre esperam que lhes seja dito o que devem fazer, mas fazem uma inquirição a respeito. Com muitos pode não haver uma procura séria o suficiente de Deus para conhecer a sua vontade.
A fim de conhecer a vontade de Deus, deve haver uma perfeita consagração a ele. A alma deve abandonar a sua própria vontade e se apresentar diante de Deus, como para lhe dizer: “Eu desisto do meu modo de ser, e serei para sempre teu, e teu somente, para te amar e te servir, para fazer toda a tua vontade agora e para sempre.” Deve haver humildade diante de Deus, uma profunda consciência interior da sua nulidade e incapacidade para realizar qualquer coisa na vida por si mesmo. “Os mansos ele guiará em justiça.” Devemos ser mansos e humildes diante do Senhor e confessar que somos dependentes dele e que a vida será um fracasso total, a menos que ele queira, guie e opere em nós e conosco e por nós.
Deve haver um grande amor a Deus e um desejo sincero de conhecer a sua vontade. Sem um forte desejo de conhecer a vontade de Deus você nunca poderá aprendê-la. Isto é para aqueles que desejam obter respostas para as suas orações, e cujo desejo seja muito grande. Você deve procurar conhecer. Onde há um grande desejo, haverá busca sincera, porque não há busca sincera sem um desejo fervoroso. Você deve sentir que não pode ir muito longe na vida sem conhecer a vontade de Deus. Você não pode ser de qualquer utilidade para ele sem ter conhecimento da sua vontade. Você também deve ter fé. Quando você pedir a Deus para lhe ensinar a sua vontade, você deve crer que ele irá fazê-lo, e ele o fará. Quando ele começar a revelar a sua vontade, você deve se mover debaixo da sua ordem sem duvidar ou questionar. Ele irá guiá-lo e dirigirá cada um dos seus passos, e você poderá saber que está fazendo aquilo que Deus quer que você faça. Bendizei o seu nome! Tal vida é o paraíso aqui.
Fonte:http://estudos.gospelmais.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário