Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Como Pode Ser Justificado Tanto Orgulho?

O que temos que não tenha sido recebido de Deus? Até dons e talentos naturais são dados por Ele a nós para que os usemos para a Sua honra e glória servindo ao nosso próximo. Agora então porque tanto orgulho e empáfia? Alguém tem motivo de se gloriar em si mesmo?

Quem jamais se esvaziaria, não de pecado ou orgulho, porque Jesus não possuía nenhum, mas da excelsa e infinita glória que possui em Si mesmo, o amado Salvador, Senhor e Rei da glória? Quem como Ele deixaria o Seu trono da Majestade celestial para vir encarnar num corpo como o nosso e sofrer rejeição e perseguição até a morte de cruz? Anjos, arcanjos, querubins, serafins, não O adoravam sem cessar em toda a Sua glória antes de vir a este mundo para nos salvar?
Ele se humilhou ao nível mais profundo que alguém jamais poderia fazê-lo, nem mesmo os anjos, porque foi Deus quem o fez – o Criador, e não a criatura.
Quem ousaria se comparar com o Rei dos reis e Senhor dos senhores?
Como se explica então tanta vaidade arrogante mesmo naqueles que sendo míseros pecadores foram resgatados por tão grande Sacrifício, que custou o elevadíssimo preço da humilhação que nunca poderia ser igualada, nem mesmo pelo somatório de todas as humilhações humanas?
Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo. Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros. Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai. –Filipenses 2:3-11
Deus exalta a quem se humilha, mas abate a quem se exalta.
E não exalta para que fiquemos cheio de orgulho carnal, mas para atestar a Sua alegria e aprovação quando somos e permanecemos humildes.

Fonte:http://estudos.gospelmais.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário