Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

domingo, 10 de abril de 2016

O PODER DA SOLIDARIEDADE


“Alegrai-vos com os que se alegram e chorai com os que choram” Rm 12.15

Chorar com os que se alegram ou alegrar-se com os que choram é uma atitude absolutamente reprovável. Chorar porque os outros estão se alegrando ou alegrar-se porque os outros estão chorando é a demonstração de um caráter egoísta e doentio. O que a ética cristã exige é a solidariedade, ou seja, alegrar-se com os que se alegram e chorar com os que choram. Numa sociedade draconiana e selvagem, onde as pessoas tentam construir seu sucesso sobre os escombros de seus concorrentes, muitos nutrem um prazer mórbido quando veem seu próximo em dificuldades.



Aqueles que assim procedem são como abutres, que se alimentam da desgraça dos outros. Essa postura é desumana e anticristã. Por outro lado, a frieza marmórea, incapaz de sentir compaixão pelo próximo diante da tragédia que se abate sobre ele, é um gesto indigno e reprovável. Não devemos ser como aqueles que apunhalam pelas costas nem aqueles que puxam o tapete.

Não devemos ser como aqueles que vivem blindados por um egoísmo doentio, a ponto de não celebrar as vitórias do próximo nem solidarizar-se com ele na sua dor. Não podemos ter em vista apenas aquilo que é nosso, mas também o que é dos outros. Precisamos aprender a celebrar com os que se alegram e chorar com os que choram. A ética cristã é solidária e não egoísta.

Referência para leitura: Filipenses 2.1-5

Nenhum comentário:

Postar um comentário