Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

É PROIBIDO JULGAR?

“Não julgueis, para que não sejais julgados.” Mt 7.1
O famoso escritor e reformador social russo Leon Tolstói interpretou literalmente as palavras de Jesus. Para ele, “Cristo proíbe totalmente a instituição de qualquer tribunal humano”. Não é necessário um estudo exaustivo dos evangelhos para concluir que o renomado romancista incorreu em um grave equívoco ao interpretar o texto. O ensino de Cristo não tem como objetivo inibir a capacidade de avaliação de seus discípulos ou incentivar a conivência diante das faltas praticadas pelo próximo.
A condenação do Mestre é direcionada ao hipócrita, que vive atentamente observando o comportamento de seu irmão para identificar as mínimas faltas, porém, é plenamente incapaz de identificar seus sérios e graves desvios éticos e morais. Além da visão acurada, o hipócrita é hábil em exagerar e exercer extremo rigorismo para com as falhas alheias, enquanto que seus deslizes são perfeitamente suavizados e justificados.
Ao proferir tais palavras, o Senhor estabeleceu critérios para que a verdade e o bem sejam sempre exercidos com misericórdia. Os seguidores de Cristo devem ser precisos em sua autoanálise, céleres na correção das próprias faltas e misericordiosos no auxílio àqueles que carecem de ajuda para as correções que se façam necessárias.
Referência para leitura: Mateus 7.1

Nenhum comentário:

Postar um comentário