Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

JESUS, O AMADO DO PAI

“E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu filho amado em quem me comprazo”Mt 3.17
Jesus é o Filho de Deus que veio ao mundo. Ele desceu do céu e despojou-se de sua glória. Sendo transcendente, vestiu pele humana. Sendo eterno, nasceu no tempo. Sendo glorioso, nasceu numa estrebaria. Sendo o dono do mundo, trabalhou numa humilde carpintaria. Sendo rejeitado pelos homens, foi o amado do Pai. No rio Jordão, enquanto orava em seu batismo, o céu se abriu, o Espírito Santo desceu sobre ele e o Pai falou: “Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo” (Lc 3.22).
Em seu batismo, três verdades são destacadas. A primeira delas é sua identificação com os pecadores. Ele não tinha pecado para se arrepender, mas porque se identificou com os pecadores, a quem veio salvar, recebeu o batismo de arrependimento. A segunda verdade é sua aprovação. O Pai encontrou em seu Filho todo o seu deleite e prazer. Jesus é o deleite do Pai e o Pai é o prazer de Jesus.
A terceira e última verdade é sua capacitação. Jesus foi revestido com o poder do Espírito Santo para fazer a sua obra. Mesmo sendo o homem perfeito, não abriu mão da plenitude do Espírito Santo. Mesmo sendo o Filho de Deus não abdicou do revestimento de poder. É nesse contexto que o Pai proclama desde o céu que Jesus é o seu Filho amado, o seu maior prazer, aquele com quem desfruta de comunhão plena desde a eternidade.
Referência para leitura: Lucas 3.21,22

Nenhum comentário:

Postar um comentário