Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

JESUS, O AMIGO DOS PECADORES

“E murmuravam os fariseus e os escribas, dizendo: Este recebe pecadores e come com eles”Lc 15.2
Aquele menino que nasceu em Belém da Judeia, cresceu em Nazaré da Galileia, foi preso, condenado e crucificado em Jerusalém, foi acusado pelos escribas e fariseus de receber pecadores e de comer com eles. Atacaram Jesus como escorpiões do deserto, dizendo que ele era amigo dos pecadores. Nessa acusação havia uma perversa censura. Esses fiscais da vida alheia condenavam o fato de Jesus comer com publicanos e pecadores e entrar na casa de pessoas impuras e rejeitadas pelo povo.
Essa acusação, porém, longe de macular a honra do nosso Salvador, enaltece-o. Jesus foi, sim, amigo dos pecadores e nisso está nossa esperança. Ele não veio para aqueles que se julgam justos; veio para os pecadores. Ele não é o médico daqueles que se julgam sãos; veio para os doentes. Ele se identificou com os pecadores, sem pecar. Sua santidade não foi maculada pelo fato de ele comer com os pecadores; mas os pecadores foram alcançados por sua graça pelo fato de Jesus amá-los e se identificar com eles em suas mazelas.
Jesus não veio para julgar o mundo; veio para salvar os pecadores. Ele não veio para condenar os homens; veio para dar a eles a vida eterna. Ele não veio para rejeitar os publicanos e pecadores; veio para trazer a eles a esperança da salvação eterna. Oh, que bendito e suficiente Salvador temos em Jesus!
Referência para leitura: Lucas 15.1-32

Nenhum comentário:

Postar um comentário