Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

ORANDO PELA CIDADE

“Procurai a paz da cidade para onde vos desterrei e orai por ela ao Senhor; porque na sua paz vós tereis paz”Jr 29.7
O cativeiro babilônico foi um amargo remédio ao povo de Judá. Porque não escutaram a voz da graça, tiveram que receber o chicote da disciplina. O povo foi desterrado e levado para o exílio. Foram setenta anos de amarga escravidão. Muitos judeus dependuraram suas harpas e deixaram de cantar os cânticos de Sião. Outros foram picados pelo veneno da mágoa e nutriram no coração sede de vingança. É nesse contexto que Jeremias se dirige aos exilados ordenando-os a procurarem a paz da cidade para onde haviam sido desterrados, em vez de desejarem a destruição dela.
Em vez de imprecar juízos condenatórios à Babilônia, deviam orar por ela ao Senhor, uma vez que a vingança pertence a Deus. A paz que eles queriam para si seria alcançada na medida que a Babilônia tivesse paz. Com isso, o profeta nos ensina algumas verdades importantes. Devemos reagir à disciplina de Deus com humildade e mansidão e não com revolta e amargura. Devemos ser pacificadores até na vida daqueles que nos oprimem. Devemos orar até por aqueles que nos perseguem.
Encontramos a paz de Deus em nosso coração quando somos agentes da paz e não promotores de conflitos. A fonte dos nossos maiores problemas não está fora de nós, mas em nosso próprio coração. Perdão e oração trazem bênçãos para os outros e cura para nós.
Referência para leitura: Jeremias 29.1-9

Nenhum comentário:

Postar um comentário