Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

UMA SÚPLICA INTENSA

“Ele, angustiado, suplicou deveras ao Senhor, seu Deus, e muito se humilhou perante o Deus de seus pais”2Cr 33.12
Manassés embora filho do piedoso rei Ezequias, foi o mais perverso rei de Judá. Reinou cinquenta e cinco anos e encheu Jerusalém de altares pagãos. Foi agoureiro, consultou os mortos, sacrificou seus filhos ao deus Moloque, perseguiu os servos de Deus e encheu Jerusalém de sangue inocente. Manassés foi um monstro. Transtornou sua casa, sua cidade e sua nação. Manassés provocou a ira de Deus com seus pecados.
Então, o Senhor enviou-lhe os príncipes do exército do rei da Assíria, os quais o prenderam com ganchos, amarraram-no com cadeias e o levaram à Babilônia. O prepotente Manassés é levado como um bicho, numa jaula, para o cativeiro. É do interior de uma prisão imunda, que esse homem cruel, angustiado, se humilhou perante o Deus de seus pais e suplicou a sua misericórdia. Deus se tornou favorável para com ele, atendeu-lhe a súplica e o fez voltar a Jerusalém, ao seu reino.
Então, Manassés reconheceu que o Senhor é Deus e tirou de Jerusalém todas as abominações que havia edificado na cidade. O pior homem do mundo é convertido. Deus revela a ele sua justiça e depois mostra a ele sua misericórdia. Atende seu clamor e perdoa seus pecados. Oh, Deus cheio de graça e misericórdia, que não rejeita o coração quebrantado e arrependido!
Referência para leitura: 2 Crônicas 33.10-16

Nenhum comentário:

Postar um comentário