Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

CONFIA NO SENHOR

“Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento”Pv 3.5

A atitude simbólica de Ezequias de estender a carta diante do Senhor é largamente ensinada nas páginas da Bíblia. Somos sempre encorajados a lançar nossos fardos e ansiedade sobre Deus (Sl 55.22; 1 Pe 5.7). Por que é tão difícil estender as nossas cartas diante do Senhor? Temos de admitir que na raiz da falta de oração há um sentimento velado de autossuficiência, a consciência de que somos fortes.

Afinal, se acreditamos que podemos fazer tudo por nós mesmos, para que orar? O mundo diz que a sua fraqueza é o seu maior problema. Não. Fraqueza não é o seu problema, porque a graça de Deus se aperfeiçoa na fraqueza. Recusar-se a admitir a fraqueza, sim, é um problema enorme e perigoso que nos afasta de Deus e da prática da oração. Em vez de começar a responder suas cartas arregaçando as mangas ou buscando ajuda de fora, primeiramente dobre os joelhos e estenda sua carta perante o Senhor.

A oração não elimina a necessidade de soluções humanas. Mas a nossa confiança final deve estar sempre em Deus. Nada deve substituir a nossa dependência de Deus. Dobrar os joelhos é sempre mais importante do que arregaçar as mangas. Toda nossa mobilização deve começar e terminar de joelhos, pois Deus trabalha para aqueles que nele esperam (Is 64.4).
Referência para leitura: 2Rs19.14-19

Nenhum comentário:

Postar um comentário