Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

PERIGO DO ESTRELISMO GOSPEL

“Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas...”1Tm 6.9

Quando a igreja deixa a centralidade das Escrituras e afasta-se da verdade, modismos são introduzidos e práticas estranhas ao espírito do evangelho são toleradas e até incentivadas. Uma delas é o estrelismo gospel. Vivemos hoje a triste realidade da tietagem evangélica. Cantores e pregadores são tratados como astros de cinema. Tornam-se estrelas. Querem os holofotes. Ostentam riqueza como sinal da unção de Deus. Desfilam na passarela da fama. Exigem gordos cachês para se apresentar.

Descolam do povo para viverem numa torre de marfim. Cruzam os céus de jatinhos particulares. Hospedam-se apenas em hotéis cinco estrelas. Andam apenas em carros luxuosos. Não abrem mão do glamour da fama. Esse estrelismo, entretanto, longe de ser um sinal de unção, é uma evidência de decadência. Esses ícones tornaram-se escravos de Mamom em vez de serem servos do carpinteiro de Nazaré. Perderam a simplicidade do evangelho. Venderam-se na feira do lucro e corromperam seu coração pelo amor do dinheiro.

Sempre que a igreja coloca homens no pedestal e aceita glórias de homens, ela está urgentemente precisando de uma nova reforma. Os profetas e os apóstolos foram homens simples. Foram servos do Altíssimo. Não ostentaram riquezas da terra, pois se ocuparam em oferecer aos pecadores as riquezas do céu.

Referência para leitura: 1 Timóteo 6.10-19

Nenhum comentário:

Postar um comentário